sexta-feira, 11 de julho de 2008

Falando em espíritas...

... eu torço para que eles estejam certos. TORÇO!
Porque viver seria muito mais inconseqüente. Pensa fazer qualquer coisa e poder voltar e fazer de novo, mesmo se o ato custasse a própria vida. Desde que, é claro, não fosse imposta a pena (que para o espiritismo é uma "dádiva") da desencarnação. Isso aqui seria quase um Hopi Hari de almas!


Mas eu também torcia, aos 5 anos, para que o Papai Noel do ano seguinte não fosse meu tio ou meu avô, e sim o verdadeiro.
Hunf! Contentar-se com 70 ou 80 anos é muito chato!

4 comentários:

O Desbunde disse...

noossa, gostei dessa idéia: fazer qualquer coisa, voltar e fazer de novo!!! não há arrependimento! adorei! será q os espíritas fornecem ficha de filiação??? rs rs ...

Maíla disse...

Estou vendendo algumas fichas. Menina, um grande negócio. Melhor do que vender livros do Kardec.

Wilson Guerra disse...

Vcs ficam ae, profanando o Kardec. Mundanas infiéis. Espiritos desevoluídos!

O Desbunde disse...

ah, entendi vc já é filiado, né?? rs rs