quarta-feira, 23 de julho de 2008

Páginas ao vento

Aquela sensação de desamparo, terminada a última página de um livro bom.

Pior que ela, é a de ter lido só o prólogo e saber que nunca mais o livro voltará às mãos.

2 comentários:

Rudah A. L. disse...

Juro que eu não senti isso quando li o prefácio da Fenomenologia do Espírito do Hegel! hahahahahahhahahahahhahaha

Tá, quem sabe um dia eu ainda tente lê-la.

Maíla disse...

hahahahah

mas eu to falando de um livro bom! (ou de algo que o valha)

E pensar que, qdo entrou no curso, vc se dizia hegeliano, hein?