segunda-feira, 7 de abril de 2008

Instinto de conhecimento

Se o que dá a impressão de que a vida tem uma diversidade infinita é não conhecê-la por completo, então o instinto de querer decifrá-la é a maldição do homem.

9 comentários:

Denis Forigo disse...

sei não, sei não...

Wilson Guerra disse...

Ou o tentar decifrar se torna um prazer infinito...

Maíla disse...

Calma wirsu, é só uma hipótese.
Mas pensa só: aí um dia se decifra tudo. E então?

Wilson Guerra disse...

E então você volta pro início e contempla tudo novamente, como novos olhos e nova alma.

Wilson Guerra disse...

* com novos olhos... :P

Maíla disse...

Prefiro contemplar desde o início.

Wilson Guerra disse...

tah tah... tah bom
:P

Maíla disse...

Resolvemos essa contenda no bar. De costas um pro outro, cada um com uma garrafa de cerva na mão, contamos oito passos e nos viramos: quem abrir a garrafa primeiro vence o debate e ganha as brejas. Certo?

Se bem que prefiro o prêmio, que obviamente pela experiência será meu, em caipira. Pode ser?

Wilson Guerra disse...

Muitíssimo promissor o desafio.
Eu, ingenuamente, proporia uma talagada de "la cucaracha", com a Natália Gomes de "juíza". Mas são minúncias burocráticas da contenda que podem aguardar. Amadureçamos a idéia...